🎟️ Cupom de Primeira Compra: ECOMAE5

✨ MÊS DE ANIVERSÁRIO DA MARCA ✨ 🌷 20%OFF COM CUPOM: ECO5ANOS 🌷

✨ ANO NOVO, NOVOS HÁBITOS ❤️ 7% OFF! USE O CUPOM: PAZ ( válido até 07/01 )

Meu leite é fraco? Entenda as três fases da amamentação

Meu leite é fraco? Entenda as três fases da amamentação

Meu leite é fraco? Entenda as três fases da amamentação

O leite materno contém proteínas, lipídeos e carboidratos que são absorvidos pelo organismo da criança conforme a fase em que se encontra. O leite sofre alterações durante todo o período de amamentação, para se adaptar às necessidades da criança. Existem três fases do leite materno: o colostro, o leite de transição e o leite maduro.

Meu leite é fraco? Entenda as três fases da amamentação
Foto: Prostock-studio

Colostro

O colostro é o primeiro leite produzido pela mãe, entre o 1° e o 5° dia após o parto. É um líquido mais transparente ou amarelo rico em proteínas. Também possui alta concentração de imunoglobulinas, o que faz com que tenha um papel de destaque para a imunidade do recém-nascido.

Leite de Transição

A maturação do leite acontece aos poucos. Como o próprio nome diz, o de transição é produzido no período intermediário entre o colostro e o maduro. Sua composição, portanto, se modifica de forma gradual e progressiva. Em geral, esse leite é produzido entre o sexto e o 15º dias após o parto.

O leite de transição é rico em gordura e lactose, enquanto o volume de proteínas e prebióticos diminui (fibras que estimulam o crescimento de bactérias saudáveis no intestino e auxiliam no seu funcionamento). Nessa fase, as mamas ficam mais cheias, firmes e pesadas. Mamadas frequentes do bebê ajudam a aliviar esse ingurgitamento normal.

Leite Maduro

Já o Leite maduro é o que alimentará o bebê do 15° dia em diante. Ele contém todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento físico e cognitivo da criança. Sua composição é um equilíbrio perfeito entre macronutrientes (proteínas, lipídios e carboidratos) e micronutrientes (vitaminas, como a vitamina A e C, e minerais, como ferro, cálcio e zinco), sendo assim suficiente para alimentar exclusivamente o bebê até o sexto mês de idade, não sendo necessário nenhum tipo de complemento.

Após a fase madura do leite, ele ainda vive em constante mudança, de acordo com a alimentação da mãe ou até saúde do bebê. As vezes pode aparentar mais fino e aguado e as vezes mais grosso e gosturoso. Mas fique tranquila e isso não interfere na eficácia do seu leite.

Confie na sua natureza e no seu organismo, busque informação e quando necessário, procure um profissional de amamentação.

Daiane Lira

Compartilhe!

Mais recentes

Mais Vendidos

Deixe seu comentário 🙂